2008 Contos de Campari

Contos de Campari, o conceito para o calendário 2008 é um livro adulto, fascinante e brilhante, onde a sedutora sensualidade de Eva Mendes é a protagonista absoluta e sua beleza encantadora é capturada pela lente de Marino Parisotto. O Calendário seduz com seu imaginário fantástico imerso em cenas irreais de sonhos e rica em energia narrativa dramática. O conto de fadas se torna uma metáfora que atinge a imaginação e a estimula com a beleza e relevância moderna. A reconstrução do mito e da busca de significados ocultos tornou o conto de fadas em um espelho da evolução da humanidade, no qual as mulheres muitas vezes desempenham os papéis principais e sua fragilidade é transformada em força, por vezes sobre-humana. Eva Mendes estrela nos 12 contos de fadas com um toque distintivo em cada fotografia; agressivamente e excitantemente bela em A Pequena Vendedora de Fósforos, escultural como Chapeuzinho Vermelho domando seu lobo; amante imperiosa de um adorável e escravizado Pinóquio, e moderna Cinderela partilhando um brinde com seu príncipe depois da meia-noite. Os Contos Campari apresentam bestas e príncipes junto da princesa, mas a co-estrela de Eva é inconfundivelmente Campari. 

Janeiro Janeiro
Fevereiro Fevereiro
Março Março
Abril Abril
Maio Maio
Junho Junho
Julho Julho
Agosto Agosto
Setembro Setembro
Outubro Outubro
Novembro Novembro
Dezembro Dezembro